Evolucao

Evolucao
Evolucao

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Google irá aumentar prêmios para quem encontrar bugs no Chrome

O Google aumentou o valor dos prêmios para pesquisadores que encontram bugs no Chrome, navegador da companhia, afirmando que a decisão foi motivada devido à queda de relatórios sobre vulnerabilidades enviados por pessoas fora da empresa.
"Recentemente, vimos uma diminuição a respeito de descobertas externas de problemas de segurança do Chromium (nome dado ao projeto open source do Chrome com participação comunitária, mantido pelo Google)", escreveu o engenheiro de software do Chrome, Chris Evans, no blog do projeto Chromium. "Isso sinaliza para nós que os bugs estão se tornando mais difíceis de serem encontrados".
Evans explicou sobre os novos bônus que o Google irá premiar àqueles que reportarem certos tipos de falhas; todos os prêmios começam com 1.000 dólares, mas podem aumentar ainda mais. A companhia irá adicionar bônus a esses pagamentos de base - que variam entre 500 e 3.133 dólares - para bugs que possam ser "particularmente explorados, encontrados em seções sem bugs do código do Chrome e para vulnerabilidades que podem afetar mais do que o browser".
A companhia já chegou a pagar até 10 mil dólares por aquilo que chama de "contribuições significativas". Esses bônus são reservados para relatórios de longa duração. Em março, por exemplo, a gigante premiou três dos experts que mais enviam bugs à empresa com 10 mil dólares para cada um deles.
Para marcar o o início do novo programa de bônus, o Google premiou retroativamente um pesquisador com mil dólares e outro com 3 mil adicionais - ou seja, o montante total do prêmio foi para 2 mil e 4 mil, respectivamente. A companhia de Mountain View iniciou seu programa de premiação em janeiro de 2010, aumentou o pagamento máximo de 1.337 para 3.133 dólares em juho daquele ano e expandiu o programa em novembro para incluir falhas de segurança em seus sites.
Até hoje, o Google já pagou mais de 250 mil dólares para os pesquisadores, quase metade deste valor foi paga a uma dupla que conseguiu quebrar a segurança do Chrome durante o concurso de hackers Pwn2Own.
Fonte:http://idgnow.uol.com.br/ti-corporativa/2012/08/15/google-ira-aumentar-premios-para-quem-encontrar-bugs-no-chrome/

sábado, 11 de agosto de 2012

FBI desliga Servidor e deixa 300mil computadores sem acesso à Internet

O FBI desligou os servidores que disponibilizam internet para os computadores contaminados pelo vírus DNSChanger. Segundo aBBC, mais de 300 mil máquinas ficaram sem acesso à internet em diversos países.
O DNSChanger é um vírus que modifica as configurações de DNS dos computadores (Windows ou Mac OS X) e redireciona páginas e resultados de pesquisas dos usuários para sites infectados ou de origem maliciosa. le também bloqueia o acesso a links que possam oferecer soluções para limpar a máquina dessa ameaça.
Em novembro de 2011, autoridades americanas prenderam seis homens na Estônia pela criação e disseminação do DNSChanger. Segundo o próprio FBI, omalware atinge computadores em mais de 100 países, incluindo meio milhão de PCs nos Estados Unidos e seis mil no Brasil.
Para encontrar formas de erradicar o vírus, o FBI conseguiu uma ordem judicial para substituir os servidores infectados por novos aparelhos juntamente com especialistas do site DCWG, além de recorrer a uma empresa privada para instalar dois servidores de "limpeza" para combater o malware em máquinas e dispositivos contaminados. O problema é que esse sistema de segurança é temporário e o prazo de validade acabou ao meio-dia desta segunda-feira (09/07).
Desde o início de junho deste ano, o FBI tem notificado as vítimas do vírus para que limpem seus computadores e evitem o apagão. A organização americana até disponibilizou um relatório completo sobre o DNSChanger (clique aqui para acessar).
fonte:olhardigital

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Evento É Dia de Java: Mais de Dez Anos

Acontece em São Carlos no interior de São Paulo, nos dias 24 e 25 de agosto, o É dia de Java, evento gratuito realizado na Universidade Federal de São Carlos (UFScar), que apresenta os principais avanços e tendências do ecossistema Java.

O evento, que acontece pelo décimo primeiro ano consecutivo, é direcionado para profissionais do mercado, além de alunos de graduação e pós-graduação, da UFSCar e de outras instituições de ensino superior, assim como pessoas interessadas no desenvolvimento através da linguagem. O Comitê Organizador do evento conta com a participação do SouJava.
Na sexta-feira, 24 de agosto, serão realizados dois minicursos nos Laboratórios do Departamento de Computação, das 19h30 às 22h30. O primeiro, de Java Básico, será ministrado por Paulo Muniz de Ávila. O outro minicurso, sobre Java EE 6 e Apache Cassandra, tem à frente Otávio Santana e apresenta conceitos básicos do NoSQL e seu uso com Java EE.
No sábado, 25, das 8h30 às 9h acontece a abertura do evento. As atividades principais serão realizadas no Auditório Florestan Fernandes e 9h começam as palestras.
As palestras começam com uma apresentação da UOL, seguida por uma da IBM, sobre WAS 8.5 Worklight, que fornece uma plataforma de desenvolvimento de aplicativos móveis. Fábio Velloso, Gerente de Arquitetura de Sistemas na Telefonica/Vivo, termina a parte da manhã falando de Hadoop e BigData.

Depois da parada para o almoço, o Cloud Computing terá seu espaço com Bruno Souza, evangelista de Java e open source e consultor nas empresas Summa Technologies e ToolsCloud. Em seguida, Fabiane Nardon ministrará a palestra Futuro do desenvolvedor Java e Ferramentas. Fabiane atuou como arquiteta do Sistema de Informação da Saúde Brasileira, considerada a maior aplicação Java EE no mundo e atualmente trabalha na ToolsCloud e como arquiteta-chefe na RBS.

Neto Marin apresentará a palestra "REST, redes sociais e mobile" onde são mostrados conceitos de REST e APIs das principais redes sociais, integrando-as com Android e Java. Neto trabalha com desenvolvimento de software há 10 anos e com mobile há 6, com experiência nas plataformas móveis: Java ME, iOS, Android e Windows Phone.

Encerrando o evento, será realizada uma Mesa redonda com todos os palestrantes sobre a plataforma Java.
Fonte:http://www.infoq.com/br/news/2012/08/e-dia-de-java-mais-de-dez-anos


No site oficial existem informações mais detalhadas sobre o evento, informações sobre como chegar e também a página de inscrição. As inscrições também podem ser realizadas no local do evento.