Evolucao

Evolucao
Evolucao

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

O peso da palavra e do relacionamento


Pessoal, o texto é de 2009, mas vale a pena ler e tirar suas conclusões, a catho surpreende com essas inovações no comportamento humano e em suas relações.
Quem diz que vai para o escritório para trabalhar e não para fazer amigos está enganado. Ou melhor,
estabelecer uma rede de relacionamentos, ser flexível, se adaptar rapidamente a uma nova situação, saber se
comunicar com a equipe ou colegas de trabalho, ter capacidade de negociação são características extras no
atual mercado, que exige mais do que diploma. Não se trata de fazer amigos, mas de aprender o que se chama de linguagem corporativa. E este be-a-bá é feito de uma mistura de palavras claras, ditas no momento e para a pessoa certa, somado a uma dose de carisma.
Não estou falando da política “mantenha um sorriso no rosto porque o cliente tem sempre razão”, mas, sim,
tentando mostrar que a facilidade em se expressar ou fazer relacionamentos tem peso tão importante quanto
uma boa formação acadêmica. O que a intuição de muitos profissionais de recursos humanos já indicava
foi comprovado num estudo finalizado no primeiro semestre deste ano pela ISMA-BR (International
Stress Management Association no Brasil), associação internacional que estuda o estresse e suas formas de
prevenção.
De acordo com a pesquisa, feita entre 230 profissionais
— gerentes de três grandes empresas nacionais
 —, a eficiência na comunicação interpessoal funciona como um colete salva-vidas, atenuando os efeitos negativos das pressões e demandas nos níveis físico, emocional e comportamental. Para chegar a esta conclusão foram analisados três fatores: as pressões e as demandas no trabalho, o nível de ansiedade (somática, comportamental e cognitiva) e o nível de tensão muscular e a satisfação
profissional.
Conclui-se, então, que o gerenciamento do estresse passa pelo desenvolvimento pessoal, além de programas efetivos de qualidade de vida no trabalho. Isso porque os custos do estresse não afetam apenas a saúde do trabalhador, mas, também, o bolso do empregador. Sabe-se que nos Estados Unidos o estresse profissional tem custo estimado em 300 bilhões de dólares ao ano e nos países membros da União Europeia este valor gira em torno de 265 bilhões de euros – números relativos ao absenteísmo, rotatividade, lesões no trabalho e seguro saúde. Por aqui, ainda não foi feito o cálculo desta conta, mas acredita-se que temos valores similares ao americano.
Então, que tal começar a exercitar a linguagem?
Faz bem para você e para aqueles com quem se relaciona.
ROSSI, Ana Maria. Disponível em:
Acesso em: out. 2013. (com adaptações)

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Freelance

Para o pessoal de desenvolvimento que está parado, nada como um free-la para esquentar seu bolso, indico a galera a fazer um cadastro no workajobs, além disso exite um forum bem legal.
acesse: http://workajobs.com.br/

Cadastro na Chmtech

Pessoal, A Empresa Chmtech está com suas inscrições abertas,na página abaixo você poderá fazer sua inscrição, inserir seu currículo
Que tal trabalhar em uma empresa com uma política de gestão de pessoas premiada, em um ambiente de trabalho diferenciado e ainda participar dos maiores projetos de engenharia do país? A Chemtech tem novas oportunidades o ano todo.
http://zeus.e-hunter.com.br/chemtech/view/frameset.asp

Cursos gratuitos da Coursera: desenvolvimento, IA, segurança

A Coursera, empresa de empreendedorismo social, que tem parceria com as melhores universidades do mundo, está oferecendo novos cursos online gratuitos, muitos deles voltados ao desenvolvimento de software e tecnologia em geral. 
fonte:http://www.chemtech.com.br/carreira